Ir al contenido

Cesta

La cesta está vacía

Macchiaioli

Os Macchiaioli

A arte dos Macchiaioli e o movimento homônimo nasceram em Florença em 1855, graças às fortes inquietações de um grupo de jovens artistas que encontraram no Café Michelangelo, localizado na capital toscana, um ponto de encontro e troca. Graças a esse contato contínuo e fervilhar de ideias, em 1862, o termo "Macchiaioli" foi cunhado para se referir ao grupo de artistas florentinos, utilizado pela primeira vez na "Gazzetta del popolo".


Estilo e técnica dos quadros Macchiaioli

Os artistas pertencentes ao Movimento usavam uma técnica muito particular para pintar. A pintura dos Macchiaioli consistia, como o próprio nome indica, no uso de manchas de cores com as quais era possível criar figuras e efeitos luminosos sem a necessidade de linhas e pontos geométricos, inexistentes na natureza. Segundo eles, de fato, as formas não são geradas pelos contornos, mas pelo impacto da luz sobre os corpos que, dessa forma, tomam forma aos nossos olhos. Graças a essa nova visão, os artistas conseguiram desenvolver um estilo único e completamente novo na época.


Precurssores do Impressionismo

A ideia de reproduzir a realidade vista ao vivo, sem artificialidades de linhas geométricas e com uma atenção especial à luz, como observado nos quadros dos Macchiaioli, são elementos que os artistas toscanos indubitavelmente têm em comum com os Impressionistas, dos quais podem ser considerados uma espécie de precursores, com as devidas diferenças, obviamente. De fato, se para o macchiaiolismo a importância era a luminosidade, para os impressionistas era a impressão da luz.


Os temas dos Macchiaioli

Em uma época em que a tradição Neoclássica e Romântica eram muito fortes, os Macchiaioli destacam-se pelo seu gosto realista e pela sua predileção por temas do cotidiano: a reprodução de cenas familiares humildes, e paisagens rurais e da vida real, longe de mitos e lendas, eram os assuntos preferidos dos macchiaiolistas.

9 productos